Notícia | Vencedores do Prêmio do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos

Estrelas-além-do-tempo---publicar

Aconteceu ontem a cerimônia do 23º Prêmio do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), celebrando as melhores atuações do cinema e da televisão. Os prêmios entregues nas categorias de Melhor Ator e Atriz, Principal e Coadjuvante, e Melhor Elenco são excelentes termômetros para prever as respectivas categorias no Oscar e, inclusive, apostar quem receberá o de melhor filme: “Spotlight: Segredos Revelados” pode não ter vencido o PGA do ano passado, mas acabou faturando o Oscar de Melhor Filme em vez de “A Grande Aposta” após o elenco ser premiado no SAG.

Se pensar nos históricos da premiações, nos últimos 5 anos, os Oscar de atuação somente não coincidiram com o SAG em três ocasiões: a) em 2016, Mark Rylance venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por “Ponte dos Espiões”, enquanto Idris Elba, sequer indicado, o SAG por “Beasts of No Nation” (aí havia a polêmica relacionada à estreia concomitante da produção no Netflix e nos cinemas); b) em 2013, Tommy Lee Jones faturou o SAG da mesma categoria por “Lincoln” para assistir, na fileira da frente, a Christoph Waltz levar o seu segundo Oscar por “Django Livre”; e c) em 2012, Meryl Streep recebeu seu terceiro Oscar, enquanto Viola Davis o SAG, na ordem, por “A Dama de Ferro” e “Histórias Cruzadas”. Ou seja: dos últimos 20 prêmios, 17 puderam ser previstos com facilidade pelo SAG.

Na cerimônia de ontem, o SAG assegurou três vitórias no Oscar – Ator Coadjuvante para Mahersala Ali (“Moonlight”), Atriz Coadjuvante para Viola Davis (“Um Limite entre Nós”) e Atriz para Emma Stone (“La La Land – Cantando Estações”) – e deixou em aberta a disputa pelo prêmio de Ator entre Denzel Washington (“Um Limite entre Nós”), na corrida por seu terceiro Oscar, o que pode colocá-lo ao lado de Jack Nicholson, Daniel Day-Lewis e Walter Brennan como os únicos marmanjos a terem três carecas dourados em casa, e Casey Affleck (“Manchester à Beira-Mar”).

Para encerrar a noite, “Estrelas Além do Tempo” venceu o SAG de Melhor Elenco: o filme estreia esta semana e conta a história de três mulheres afro-americanas que revolucionaram a NASA durante a corrida espacial. Porém, a vitória não é forte o suficiente para desbancar “La La Land – Cantando Estações” do posto de favorito à honraria máxima do Oscar.

Próximo
Batman

Notícia | Ben Affleck pode estar decidido a abandonar The Batman

Diferentemente do pacato e bem-sucedido cotidiano da concorrente Marvel Studios, a DC e a Warner Bros. enfrentam, dia após dia, o mar revolto da indústria e os implacáveis boatos para tentar, do jeito ... Read more

Anterior
La-La-Land

Notícia | “La La Land” vence o Prêmio do Sindicato de Produtores da América

Como esperado, “La La Land: Cantando Estações” venceu o 28º Prêmio do Sindicato de Produtores da América (PGA), o termômetro mais infalível para a categoria de Oscar de Melhor Filme, e mantém a bem-sucedida ... Read more

Posts Relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *